Música e outros sons para cães

Um jeito diferente de tranquilizar e entretê-los

Sabemos que nem sempre é possível deixar nosso cãozinho em casa contente. Eles geralmente não gostam de ficar sozinhos e o estoque de atividades em um lugar fechado é muito curto. 

Desde sempre, ouvimos e comprovamos que a música é um estímulo mental muito forte, pois através dela são despertados diversos sentimentos em nós. Um determinado som pode nos remeter a coisas boas ou ruins, como o barulho da chuva caindo, e logo após pássaros cantando remetendo a uma sensação de paz. Ou um estrondoso barulho como se alguém pudesse ter se machucado, gerando preocupação. A agitação que uma música com batidas rápidas causa, ou a sensação de calma e tranquilidade com aquela música lenta, com melodias suaves e que também podem nos despertar lembranças que emocionam, por exemplo. E para os cães? Isso também funciona. 

É importante frisar que os animais são seres sencientes. Senciência é a capacidade de sentir, vivenciar sentimentos como angústia, dor e solidão e ter a clara percepção dos elementos que o rodeiam. Partindo disso, alguns tutores já utilizam a musicoterapia para tranquilizar seus cães.

Atualmente, há diversos canais de comunicação dedicados a essa área. Como é o caso de uma rede de televisão a cabo americana, que lançou um canal dedicado aos pets, o Dog TV. Onde são reunidos vídeos curtos produzidos com a supervisão e aprovação de médicos veterinários, com o objetivo de relaxar, e incluem música clássica e sons da natureza, e até mesmo vídeos com sons ameaçadores como carros, trovões ou fogos de artifício, para que assim possam acostumá-los com esse tipo de barulho. E também é o caso de uma estação de rádio alemã que lançou o programa Hallo Hasso, dedicado aos pets solitários, com apenas música clássica. É veiculado pelo rádio e pela internet. O criador do programa Stephan Stock enfatiza: 

"Não se trata de manter os cachorros quietos. É mais sobre fazer com que o cachorro sinta que não está sozinho". 

É uma distração por um curto período, uma vez que os cãezinhos adoram e precisam muito da atenção de seus tutores. 

Saiba mais:


Compartilhe este post