Homossexualidade entre animais e seus mistérios

A diversidade sexual está presente no reino animal e diversas espécies são alvos de estudos

A relação homossexual entre animais é bastante comum na natureza e não é de hoje. Não se restringe apenas aos mamíferos, é observada também entre muitos grupos de vertebrados, crustáceos, aranhas, insetos e vermes. Pioneiro no estudo da homossexualidade em animais, George Murray Levick (1876-1956) foi um explorador antártico britânico, cirurgião naval e fundador da Public Schools Exploring Society (atualmente conhecida como British Exploring Society), que acompanhou um ciclo completo de reprodução dos pinguins-de-Adélia na Antártida entre 1911 e 1912. Levick identificou que os mesmos mantém relações homoafetivas, contudo não pôde divulgar todo o resultado de seu estudo devido à grande censura da época.

Esse tipo de interação animal está sendo alvo de mais estudos, porém ainda é consideravelmente pouco explorado pela ciência. Alguns cientistas afirmam que o comportamento homossexual está presente em todas as espécies e independe do tamanho das mesmas - exceto nas quais o sexo é inexistente de uma forma geral. Afirmam também que não é apenas de caráter evolutivo - algumas dessas espécies preferem um parceiro do mesmo sexo para a vida toda. Inclusive, chegando a criar filhotes esporadicamente doados por casais heterossexuais, de "escapadas" de fêmeas, o que aproxima um pouco da realidade humana. 

A veterinária e terapeuta de animais Rubia Burnier (Espaço Animal) afirma que "atitudes como montar ou cheirar indivíduos do mesmo sexo são encaradas como jogos de poder ou comportamentos ligados ao instinto de caça ou luta." E também comenta que espécies sociais com sistema hierárquico complexo, como os gorilas, chimpanzés e orangotangos, têm no sexo uma importante função social, funcionando como um mecanismo reforçador de alianças políticas. 

Bonobos podem usar o sexo para se aproximar de membros dominantes do grupo e assim ganhar mais status. Até mesmo os mais jovens costumam confortar outros com abraços e atos sexuais.

Melissa Hogenboom, da BBC Earth

Com todas essas informações, é importante frisar que por ser um assunto delicado, não é possível generalizar as relações do mesmo sexo entre animais. Por exemplo, o conceito homoafetivo não se aplica aos cães pelo fato de não possuírem parceiros fixos. 

Saiba mais:

Entenda sobre as relações homossexuais entre cachorros

Comportamento homossexual em animais - MiniLua

20 animais que apresentam comportamentos homossexuais - Mega Curioso

O mistério da homossexualidade em animais - BBC 

Compartilhe este post